7 de fev de 2011

Meus instintos e você no meu caminho

Me liga

Me diz como vai sua vida

Preciso saber de seus planos,

Da sua existência,

Do seu bem estar.

Ando me sentindo confusa

Não sei se devo pensar em você

Ou se devo pensar no além.

Você não me deixa dicas

É indecifrável

É confuso.

Um tanto de loucura alimenta sua alma

Você vive perigosamente

Isso é o que da adrenalina aos meus instintos mais sacanas

Que me faz ficar alucinada

Com vontade da sua lucidez

Que no principio era disfarçada

Hoje compreendo que ela é nula.

2 comentários:

Julliane Freire disse...

lindo!!! o seu blog

Guilherme Zapata disse...

A lucidez além da loucura!