9 de jul de 2011

Se...

Se...
Se...
Se...

Se fosse assim?
Se não fosse?
Se tudo brilhasse dieferente?
Se nossas luzes fossem as estrelas?
Se nosso calor fosse o do sol?
Se o menino que joga bola na rua não precisasse pedir esmolas?
Se a mãe não precisasse se prostituir pra comprar o leite das crianças?
Se as promessas fossem verdadeiras?
Se os pais tivessem mais tempo para o lar?
Se nossas brigas fossem porque eu queria ir na praia e você na pscina?
Se os sorrisos fossem de liberdade?
Ah!! Assim não estaríamos falando desse mundo
Do miserável sistema que determina nossos caminhos
Ou melhor
Que massacra nossas vidas
Acaba com nossos sonhos, famílias e amores.

Um comentário:

BRUNO SANTOS disse...

fantástico Sandra Sena...