28 de out de 2008

É por você que eu escrevo essa

Por mais que eu tente
eu não consigo
o meu mar segue as tuas ondas
sem receio de encontrar uma barreira
sigo com coragem,
mas com cuidado.
Você me transmite paz
Você me trasmite luz
Você faz do meu mar
um rio calmo e sereno.

Nenhum comentário: