12 de mai de 2010

Meus, Seus, Nossos sentimentos

Sempre fui sozinha

Querendo um pouco de atenção

de amor

de paixão

do fervor de uma emoção

Quando tudo começou

As atenções foram chegando aos poucos

Como se fosse a descoberta de novos horizontes.

Claramente eram coisas que jamais se concretizariam

Hoje passa do desejo maior

Quero sorrir, correr e te abraçar

Aquele beijo te dar

Te fazer feliz

Como se estivéssemos no paraíso.

Você chegou

Entrou sem pedir licença

Foi mal educado

Ao ponto de invadir meu coração

Fazendo-o sentir-se importante

Ao ponto de acreditar no amor.

Nenhum comentário: