1 de mai de 2010

Sonhando

Não sei bem o que se passa
São coisas que a vida nos faz sentir
Do nada
Chega o momento e Puff,
já estamos lá
"Estatalados"
Por um sentimento que nem sabemos
Nem sabemos de onde vem.
É algo leve
E ao mesmo pesado
É chuvisco, é trovão
É noite, é dia
Não sei mesmo.
Ainda por cima
Tenho medo
Medo do sentir,
Sentir sozinha
Com uma distância absoluta de corpos
Medo de não pode desfrutar.
Mas será que posso falar em sentimento?
Acho que sim,
Mas nada concreto,
nada que faça grandes desastres
Ou não.
Mas vou levando
Vejo a vida numa boa
Quando "fico" com você me sinto feliz
Como se estivesse encontrado
o molho do meu macarrão
o chocolate do meu leite
o gás da minha coca cola
Meu equilíbrio
Meu desejo inevitável.
Vamos vivendo o que podemos
Quem sabe o destino não nos ajuda?

Nenhum comentário: