5 de jan de 2011

Nossos caminhos

Luzes acesas

Enfeitam as ruas.

Seu perfume ainda está lá

Quando por aquele caminho passo

São os seus olhos que eu lembro

A olhar os meus

E me dizer umas coisas

Que só nós conseguíamos entender.

Vou passar pela sua rua

Ainda lembro nome, número e bairro

É um pouco distante

Pego carro, trem ou ônibus

Passo aqueles dias no centro da cidade

Compro uns vinhos

Coloco “Bel” pra tocar

E coisa e tal

Tal coisa.

Você me visita

Eu abro a porta

Nos cumprimentados

E o resto... é só complemento.

Nenhum comentário: